Convidados abordaram como a rede vinda da criptomoeda irá impactar no mundo dos negócios

Blockchain e suas aplicações foram temas de painel da 30ª Mercopar 1

Foto: Dudu Leal.

No último dia da 30ª Mercopar – Feira de Inovação Industrial, o blockchain ganhou destaque e foi debatido por especialistas no painel Modelos de negócio em rede blockchain. Os convidados para o momento foram os co-fundadores do iColab, Sandra Heck, Fábio Miguel Junges e Marcelo De Nardi – que mediou o evento -, o Founder da Interchains, Bernardo de Souza Madeira, e o engenheiro de Projetos de Inovação, Tiago Maciel da Silva. O diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy, reforçou na abertura os desafios que a rede blockchain possui para funcionar plenamente no Brasil e o impacto que isso tem para o mercado competitivo. “Rede blockchain é uma tecnologia disruptiva que, aliada ao 6G, vai mudar o cenário econômico no curto prazo. Precisamos estar atentos para isso para não perdermos muita competitividade”, disse.

Para a co-fundadora e presidente do iColab – Instituto Colaborativo de Blockchain, Sandra Heck, uma nova economia está nascendo. “O blockchain vem para transformar a relação de confiança não só dos negócios, mas também da sociedade”, afirmou. A executiva de negócios destaca que atualmente a confiança é um problema social. “A rede blockchain vem para entregar e habilitar essa confiança de forma digital”, explica. E completa: “a indústria 4.0 se caracteriza pelas tecnologias físicas e digitais. Na verdade, a blockchain é a junção desses dois mundos através da internet.” Já para o fundador da Interchains, empresa de consultoria técnica de processos na implementação desta tecnologia, Bernardo de Souza Madeira, a possibilidade de poder integrar e inserir diferentes processos e participantes traz a oportunidade de escalada para o negócio. “Falamos de competição. Precisamos colaborar para competir nesse mercado cada vez mais global. O blockchain vai fazer para o mundo das transações o que a internet fez para o mundo das informações”, disse.

O painel contou ainda com a participação do engenheiro de Projetos de Inovação, Tiago Maciel da Silva, que possui mais de 20 anos de experiência em indústria automotiva, executando projetos de inovação em processos e indústria 4.0, Blockchain, IoT, Inteligência Artificial, Eletrônica Embarcada e energias renováveis, e o CEO na SOU.cloud, Co-Founder do iCoLab e da OnePercent, Fábio Miguel Junges, que apresentaram cases no qual a blockchain já é uma realidade.

 

 

Notícias

Mercopar 2022 terá mais um dia de programação e adiciona 60% a mais de área útil

Mercopar 2022 terá mais um dia de programação e adiciona 60% a mais de área útil

Promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio Grande do Sul –...

LEIA MAIS
Mercopar 2021 supera expectativa e bate recorde com R$ 224 milhões em negócios gerados 4

Mercopar 2021 supera expectativa e bate recorde com R$ 242 milhões em negócios gerados

Promovida pelo Sebrae RS e pela FIERGS, a 30ª edição da Mercopar - Feira de Inovaç...

LEIA MAIS
Blockchain e suas aplicações foram temas de painel da 30ª Mercopar

Blockchain e suas aplicações foram temas de painel da 30ª Mercopar

Convidados abordaram como a rede vinda da criptomoeda irá impactar no mundo dos negóc...

LEIA MAIS
Tecnologias e futuro energético brasileiro são discutidos no último dia da 30ª Mercopar, em Caxias do Sul

Tecnologias e futuro energético brasileiro são discutidos no último dia da 30ª Mercopar, em Caxias do Sul

Fórum de Energia Distribuída debate a importância e a necessidade de buscar fontes a...

LEIA MAIS
Ver todas as notícias
Realização

Realização