Oportunidades de negócios, programação intensa e muitas novidades aos visitantes

Mercopar acontece na próxima semana em Caxias do Sul

Na próxima semana, de 1º e 3 de outubro, acontece a 28ª edição da Mercopar, em Caxias do Sul. O Centro de Feiras e Eventos da Festa da Uva se torna um espaço de oportunidades de negócios, novidades e inovação para os setores metalmecânico, eletroeletrônico, automação industrial, movimentação e armazenagem de materiais, serviços industriais, borracha, energia e meio ambiente, plásticos, Tecnologia da Informação (TI) e startups.

Cerca de 270 expositores, 39% a mais do que na edição do ano passado, estarão na feira deste ano, assim como expositores da Alemanha, dispostos a fomentar cada vez mais um novo momento para a economia. A Mercopar – Feira de Inovação Industrial, realizada pela parceria estratégica do Sebrae RS e da FIERGS (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul), tem a expectativa de receber 13 mil visitantes, público formado por técnicos, gerentes, diretores e tomadores de decisão. Um total de 38 missões já estão confirmadas para visitar a feira, 65% a mais do que em 2018.

Maior rodada de negócios

Tendências da indústria serão apresentadas no evento que também contará com uma extensa programação que visa a prospecção de oportunidades de negócios. A Mercopar 2019 já tem uma marca representativa, mesmo antes de iniciar. A feira comportará a maior Rodada de Negócios já realizada pelo Sebrae RS. De todas as ações deste modelo de efetivação de negócios, a Mercopar contará com 79 compradores e 334 vendedores. “Já tínhamos uma expectativa de crescimento, mas percebemos que o otimismo dos empresários em relação à feira deste ano se deu muito em função da parceria com a FIERGS, numa reformulação da Mercopar focada em inovação e conhecimento, associada à geração de negócios”, ressalta Fábio Krieger, gerente de Indústria do Sebrae RS.

Jakson da Luz, responsável pelas rodadas de negócios no Sebrae RS, observa que estão confirmados para a atividade compradores como Argos Guindastes, Arcelormittal, Bomag, Borrachas Vipal, Bruning Tecnometal, Buschle & Lepper, Caloi, Celulose Irani, Ferramentas Gedore, Gerdau, InterCement, Jumil, Kepler Weber, Klabin, Kuhn do Brasil, Marchesan Tatu, Metso Brasil, Trapp, Schulz Compressores, Sew-Eurodrive Brasil, Sumig, Thyssenkrupp, Trutzschler e Yara Brasil Fertilizantes.

A Mercopar oferece toda a estrutura necessária para as reuniões e as empresas vendedoras precisam ter disponíveis todas as informações a serem apresentadas, como tabela de preços, capacidade de produção, prazos e material de divulgação. “Por meio das Rodadas de Negócios, vendedores podem oferecer seus produtos e serviços a empresas de médio e grande porte, durante um contato direto que, no dia a dia, é uma tarefa que encontra muitas barreiras. Esta possibilidade de conversar diretamente “com quem decide” pode representar a diferença entre fechar ou não uma negociação importante”, ressalta Luz. O Projeto Comprador acontece nos dois primeiros dias da feira, das 13 às 19h.

Programação paralela

Neste ano, a programação paralela da feira será destaque com quatro ações principais focadas nas tecnologias da Indústria 4.0, startups com soluções industriais, cases de sucesso de encadeamento produtivo, além de aproximar pequenas e médias empresas dos principais compradores do setor industrial.

O Encadear Summit’19, que ocorre no primeiro dia da feira, é um evento que tem por objetivo promover a discussão e a troca de experiências sobre as oportunidades de projetos de encadeamento produtivo entre empresas âncoras e micro e pequenas empresas. O Encadear compreende três eixos: Negócios (ambiente para geração de negócios e oportunidades através de rodadas entre compradores de grandes empresas e fornecedores de pequenas empresas); Inovação (ambiente “lab” com a exposição de soluções inovadoras de empresas inseridas nas iniciativas do Programa Nacional de Encadeamento Produtivo e realização de desafios tecnológicos entre grandes e pequenas empresas; e Conhecimento (palestras com especialistas, painéis de debates com uma palestra magna). “A proposta é fazer uma ampla abordagem na questão da melhoria da competitividade e a inovação da cadeia de valor entre grandes e pequenas empresas”, ressalta Andrei Carletto, coordenador de competitividade setorial do Sebrae RS.

Aproximar para gerar negócios

O Salão de Inovação, uma área interativa da feira e que reunirá o público jovem e criativo, estará em busca de conexões com startups e conteúdo inovador. Este ano, o espaço contará novamente com o desafio Like a Boss, matchmakings e hackathons com grandes players do mercado, além de exposição de tendências da Indústria 4.0. Na grade de programação o espaço contará ainda com workshops, talkshows e experiências tecnológicas.

Já a Jornada 4.0 visa apresentar aos diversos setores da indústria um conjunto de competências para viabilização de projetos de desenvolvimento e de adoção de tecnologias no ambiente industrial, conectando os principais stakeholders relacionados aos temas de Indústria 4.0 de Manufatura Avançada, utilizando uma linguagem acessível aos diferentes portes de empresas e segmentos industriais. O público consiste em indústrias, sindicatos e associações representativas do setor, agentes de fomento, startups relacionadas à Indústria 4.0 e universidades.

Brasil Mais Simples

O registro e o licenciamento de empresas estão se tornando mais ágeis e menos burocráticos. Para debater a evolução e as soluções que beneficiam especialmente as micro e pequenas empresas, o Sebrae RS vai promover o III Seminário Estadual Brasil Mais Simples. O evento ocorrerá no dia 2 de outubro, durante a Mercopar.

O público-alvo são representantes do Poder Legislativo, entidades ligadas ao tema, servidores dos órgãos públicos envolvidos no registro e no licenciamento de empresas, contadores, administradores de empresas, empresários, além dos servidores das prefeituras municipais que são responsáveis pela Redesimples.

O coordenador Estadual da Redesimples no Sebrae RS, Marcio Benedusi, destaca que o objetivo do encontro é debater assuntos relacionados à desburocratização do ambiente dos pequenos negócios e os avanços da Redesimples no Estado. “A programação do evento está voltada para apresentar ações realizadas pelo Conselho Estadual de Desburocratização, além de debater as medidas que o poder público federal vem adotando para melhorar o ambiente dos negócios através da Medida Provisória da Liberdade Econômica, aprovada recentemente pelo Palácio do Planalto, e que é o caminho para desburocratização e simplificação para as micro e pequenas empresas”, afirma.

O seminário conta com o apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, JucisRS, Vigilância Sanitária Estadual, Meio Ambiente Estadual, Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, Secretaria da Fazenda Estadual e da Receita Federal do Brasil. As inscrições podem ser realizadas gratuitamente através do link: http://bit.ly/Brasilmaisimples .

De Zotti Comunicações
Foto: Eduardo Rocha

Notícias

Sicredi Pioneira RS: patrocínio à Mercopar 30 anos

Sicredi Pioneira RS: patrocínio à Mercopar 30 anos

Diretor-executivo da instituição considera a Feira uma aliada para a retomada econôm...

LEIA MAIS
Instituto Hélice aposta na Mercopar como oportunidade de transformação e retomada das empresas

Instituto Hélice aposta na Mercopar como oportunidade de transformação e retomada das empresas

Movimento que une grandes empresas tem a Mercopar 2021 como uma fonte de inspiração p...

LEIA MAIS
CND Revestimentos acredita na Mercopar 2021 como vitrine para negócios

Altec Industrial, reconhecida pela Mitsubishi Electric, confirma presença na Mercopar 2021

Distribuidora exclusiva Phoenix Contact e Mitsubishi Electric na Região Sul, empresa e...

LEIA MAIS
CND Revestimentos acredita na Mercopar 2021 como vitrine para negócios 1

CND Revestimentos acredita na Mercopar 2021 como vitrine para negócios

A empresa participa há 27 anos da Feira e considera o ambiente uma oportunidade de obt...

LEIA MAIS
Ver todas as notícias
Realização

Realização: