Caxias do Sul/RS – A palestra do vice-diretor da EEPC INDIA, Bratindra Bhattacharya, sobre Oportunidades de Negócios e Parcerias entre Brasil e Índia, que ocorreu na quinta-feira, 2 de outubro, no Salão de Negócios da Mercopar, mostrou diversas possibilidades de negócios com a Índia. Conforme Bhattacharya, há muito espaço para que empresas dos dois países se conheçam. “Nossa primeira participação na Mercopar foi em 2009, quando vieram 128 companhias de engenharia indianas”.

O palestrante apresentou a EEPC INDIA– Engineering Export Promotion Council India e falou sobre a sua atuação de mercado. A associação possui nove escritórios que atendem 13 mil companhias indianas. “Fornecemos para os mais variados segmentos, como o automotivo, de plásticos, maquinário agrícola, equipamentos médicos e muitos outros. Importamos mais do que exportamos”, afirma ele. A palestra, promovida pelo SEBRAE/RS, teve tradução simultânea do inglês para o português.

PARCERIA – Foi em 2009 que os representantes comerciais Leandro Diniz Zanirato (BrLifting) e Douglas Nunes (Casafer) conheceram Dhiruj Sarda, da empresa Sarda Magnets, que trabalha com elevação e fixação magnética. Eles se conheceram na Mercopar e, desde então, representam a marca no Brasil. “Já tínhamos interesse em fazer negócios com o Brasil. De 2010 a 2014 vendemos cerca de U$ 1 milhão em máquinas e equipamentos para o Brasil. E foi a Mercopar que abriu esse caminho”, afirma Sarda.

Zanirato conta que a empresa indiana pretende continuar com a parceria, participando da Mercopar, e até trazer algum grande maquinário para expor nas próximas edições. Entre seus clientes brasileiros está a ECOVIX (Estaleiro de Rio Grande), Gestamp, Fundição Tupy, Gerdau, Tramontina e Weg.

A Mercopar – Feira de Subcontratação e Inovação Industrial, segue até esta sexta-feira, 3 de outubro, reunindo mais de 500 empresas nas áreas de automação industrial, borracha, eletroeletrônico, energia e meio ambiente, metalmecânico, movimentação e armazenagem de materiais, plástico e serviços industriais. Estão em Caxias do Sul empresas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Minas Gerais, bem como da Alemanha, Argentina, China, Coréia do Sul, Estados Unidos, Índia, Portugal e Turquia. A realização é do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (SEBRAE/RS) e da Hannover Fairs Sulamerica, empresa do Grupo Deutsche Messe AG. O cadastro para visitação, assim como mais informações sobre o evento, podem ser obtidas pelo site www.mercopar.mobidickhost.com.br.

Indianos A

João Alves/Divulgação

De Zotti – Assessoria de Imprensa 

Caxias do Sul/RS – The talk on Business Opportunities and Partnerships between Brazil and India, given by Deputy Director of EEPC INDIA Bratindra Bhattacharya on Thursday, October 2 in Mercopar’s Business Lounge, showed many opportunities for business with India. According to Bhattacharya, there is a lot of room for companies from the two countries to meet. “We first attended Mercopar in 2009, with 128 Indian engineering companies.”

The speaker introduced the EEPC INDIA – Engineering Export Promotion Council India and talked about its work in the market. The association has nine offices that cater to 13,000 Indian companies. “We supply to varied market segments, such as automotive, plastics, farm machinery, medical equipment and many others. We import more than we export,” he affirms. The presentation, promoted by SEBRAE/RS, was facilitated by simultaneous interpreting from English to Portuguese.

PARTNERSHIP – In 2009 the business representatives Leandro Diniz Zanirato (BrLifting) and Douglas Nunes (Casafer) met Dhiruj Sarda, from the Sarda Magnets company, which works with lifting and magnetic fixation. They met at Mercopar and have represented the brand in Brazil since that time. “We were already interested in doing business with Brazil. Between 2010 and 2014 we have sold around U$ 1 million in machinery and equipment to Brazil. It was Mercopar that paved the way,” says Sarda.

Zanirato says that the Indian company intends to maintain the partnership, attending Mercopar and even bringing some major machinery to exhibit at upcoming editions. Its Brazilian customers include ECOVIX (Estaleiro de Rio Grande), Gestamp, Fundição Tupy, Gerdau, Tramontina and Weg.

De Zotti – Press Advisory

Caxias do Sul/RS – La conferencia del vicedirector de EEPC INDIA, Bratindra Bhattacharya, acerca de las Oportunidades de Negocios y Alianzas entre el Brasil y la India, que tuvo lugar el jueves 2 de octubre en el Salón de Negocios de Mercopar, reveló diversas posibilidades de negocios con la India. Según Bhattacharya, hay mucho espacio para que empresas de los dos países se conozcan. “Nuestra primera participación en la feria Mercopar tuvo lugar en 2009, cuando vinieron 128 compañías indias de ingeniería”.

El conferencista presentó a EEPC INDIA– Engineering Export Promotion Council India y habló acerca de su actuación en el mercado. La asociación dispone de nueve mesas que atienden a trece mil compañías indias. “Suministramos a los segmentos más diversos, como automotriz, plásticos, maquinaria agrícola, equipos médicos y muchos otros. Importamos más de lo que exportamos”, afirma él. La conferencia, promovida por el SEBRAE/RS, contó con traducción simultánea del inglés al portugués.

ALIANZA – En 2009 los representantes comerciales Leandro Diniz Zanirato (BrLifting) y Douglas Nunes (Casafer) conocieron a Dhiruj Sarda de la empresa Sarda Magnets, que trabaja con elevación y fijación magnética. Ellos se conocieron en Mercopar y, desde entonces, representan a la marca en el Brasil. “Ya teníamos interés en llevar a cabo negocios con este país. Entre 2010 y 2014 vendimos cerca de U$ 1 millón en máquinas y equipos al Brasil. Y Mercopar fue la que abrió ese camino”, afirma Sarda.

Zanirato cuenta que la empresa india pretende continuar con la alianza participando en Mercopar, e incluso traer alguna gran maquinaria para exponer en las próximas ediciones. Entre sus clientes brasileños, se encuentran ECOVIX (Astillero de Rio Grande), Gestamp, Fundição Tupy, Gerdau, Tramontina y Weg.

De Zotti – Asesoría de Prensa

Veja também

15 Startups gaúchas para ficar de olho em 2020

LEIA MAIS

Um olhar sobre inovação em economia digital nos EUA

LEIA MAIS

Tendências do setor metalmecânico para as pequenas indústrias 2019/2020

LEIA MAIS

Energia eólica já produz o equivalente a uma Itaipu no Brasil

LEIA MAIS

Notícias

Mercopar registra R$ 65 milhões em negociações realizadas pelos expositores e nas rodadas de negócio

Mercopar registra R$ 65 milhões em negociações realizadas pelos expositores e nas rodadas de negócio

Resultado foi 21% superior ao de 2018, o que demonstra a reação do setor industrial ...

LEIA MAIS
Sicredi Pioneira RS comemora sucesso na Mercopar

Sicredi Pioneira RS comemora sucesso na Mercopar

Palestras e interação com o público marcaram participação da cooperativa de crédi...

LEIA MAIS
Pix Force e Prakaranga são as grandes vencedoras do Sebrae Like a Boss

Pix Force e Prakaranga são as grandes vencedoras do Sebrae Like a Boss

Desafio levou 18 startups ao palco do Salão da Inovação na Mercopar Foi em cl...

LEIA MAIS
Movimento intenso e satisfação nos corredores da Mercopar

Movimento intenso e satisfação nos corredores da Mercopar

Os corredores lotados no último dia da Mercopar comprovam o sucesso da edição 20...

LEIA MAIS
Ver todas as notícias
Realização

Realização