Caxias do Sul/RS – Promover o crescimento de empresas e a descoberta de seus potenciais é uma das características do trabalho que o Sebrae RS tem executado no Salão de Inovação, que ocorreu na 27ª Mercopar, em Caxias do Sul, e que desde terça-feira (02), reuniu empreendedores com foco no crescimento e no desenvolvimento. Exemplo disso é o Bootcamp Manufatura Avançada – Indústria 4.0, que consistiu na construção com empresários da indústria, parceiros e representantes de médias e grandes empresas, de uma proposta conceitual de atuação do Sebrae RS, em manufatura avançada para evolução tecnológica das pequenas indústrias gaúchas.

A ideia é que os participantes trabalhem na construção conjunta de sugestões para que o Sebrae RS seja mais assertivo e efetivo no apoio à micro e à pequena empresa. “Para que o micro ou pequeno empreendedor possa estar atualizado no que se refere à tecnologia e migrar para a manufatura avançada, pois esta é cada vez mais a realidade do chão de fábrica”, completa o coordenador de Programa do Sebrae RS, Alexandre Zigunovas.

Na sua avaliação, a indústria brasileira, em relação a outros países, segue muito defasada tecnologicamente, mas tem potencial para crescer muito nessa direção. Por isso, o Sebrae RS reuniu parceiros como universidades, sindicatos e empresas que, juntas, discutiram propostas para fazer com que pequenos e microempreendimentos tenham acesso às ferramentas que compõem a manufatura avançada: Automação Inteligente, Big Data, Industrial Analytics, Inteligência Artificial (IA), Internet das Coisas (IoT), Lean Manufacturing, Padrões de Comunicação para Manufatura Inteligente, Realidade Aumentada e Monitoramento Energético e Realidade Virtual.

IMPORTANTES INVESTIMENTOS – O diretor da Serralog Electronic Solutions, Diogo Tomazzoni, foi um dos empresários convidados pelo Sebrae que participou dos debates do Bootcamp na tarde de quinta-feira (4). “Iniciativas como essa são de grande importância porque nos estimulam a nos integrarmos com outras empresas, pequenos empreendimentos de tecnologia que podem se tornar importantes investimentos para nós, e fazê-los crescer também”, considera Tomazzoni.

Essa aproximação é essencial, de acordo com ele, porque as pequenas empresas respondem em maior número hoje no Brasil, gerando emprego e renda. “E não é só isso, além do papel social desses pequenos negócios, eles são subsídios para as grandes indústrias que ainda têm certa dificuldade quando o assunto é inovação”, completa Tomazzoni.

A Mercopar é promovida pelo Sebrae RS com o apoio institucional da Fiergs, no Centro de Eventos da Festa da Uva. Mais informações podem ser obtidas pelo www.mercopar.com.br  .

De Zotti – Assessoria de Imprensa
Fotos: Eduardo Rocha/Mercopar

Veja também

15 Startups gaúchas para ficar de olho em 2020

LEIA MAIS

Um olhar sobre inovação em economia digital nos EUA

LEIA MAIS

Tendências do setor metalmecânico para as pequenas indústrias 2019/2020

LEIA MAIS

Energia eólica já produz o equivalente a uma Itaipu no Brasil

LEIA MAIS

Notícias

Mercopar registra R$ 65 milhões em negociações realizadas pelos expositores e nas rodadas de negócio

Mercopar registra R$ 65 milhões em negociações realizadas pelos expositores e nas rodadas de negócio

Resultado foi 21% superior ao de 2018, o que demonstra a reação do setor industrial ...

LEIA MAIS
Sicredi Pioneira RS comemora sucesso na Mercopar

Sicredi Pioneira RS comemora sucesso na Mercopar

Palestras e interação com o público marcaram participação da cooperativa de crédi...

LEIA MAIS
Pix Force e Prakaranga são as grandes vencedoras do Sebrae Like a Boss

Pix Force e Prakaranga são as grandes vencedoras do Sebrae Like a Boss

Desafio levou 18 startups ao palco do Salão da Inovação na Mercopar Foi em cl...

LEIA MAIS
Movimento intenso e satisfação nos corredores da Mercopar

Movimento intenso e satisfação nos corredores da Mercopar

Os corredores lotados no último dia da Mercopar comprovam o sucesso da edição 20...

LEIA MAIS
Ver todas as notícias
Realização

Realização