Painéis trouxeram cases do mapeamento e do ecossistema de empreendedorismo do município da Serra Gaúcha e de outras cidades brasileiras

30ª Mercopar debate o papel dos órgãos públicos e da inovação em Caxias do Sul 1

Foto: Dudu Leal.

A 30ª Mercopar, a maior feira de inovação industrial e de negócios da América Latina, teve nesta quinta-feira (7) o evento Governança do Ecossistema de Inovação de Caxias do Sul . Dividido em sete painéis, o encontro abordou diversos temas relacionados ao setor público e ao empreendedorismo, como o mapeamento do ecossistema de inovação do município, além das ações e ações para melhoria dos setores do Agronegócio, Metal Mecânico e da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

O evento contou com a presença do analista de Articulação de Projetos de Inovação e Indústria do Sebrae RS, Alcir Cardoso Meyer ; do coordenador Regional Serra Gaúcha do Sebrae RS, Tiago Centenaro Mignoni; da diretora executiva do SIMECS, Daiane Catuzzo; o gerente executivo da Trino Polo, Edson Maletz; e da diretora da AgroD, Janine Basso Lisboa. O principal objetivo foi apresentar e consolidar um governança do ecossistema local, estimulando a interação entre setores e entidades, conectando os autores em prol da ativação da inovação na região.

No painel O Ecossistema de Inovação de Caxias do Sul , o analista de Articulação de Projetos de Inovação e Indústria do Sebrae RS, Alcir Cardoso Meyer, explicou que o mapeamento é para a comunidade e que isso vai ajudar no futuro do município . “O processo teve identificação de atores e a identificação de maturidade em cada vertente do ecossistema. Fizemos ainda a construção conjunta de quais seriam os setores priorizados, olhando como nossas locações e como nossas potencialidades para a construção de uma agenda que vai levar Caxias do Sul a um novo patamar de desenvolvimento ”, destacou.

Já no painel “ O papel da Governança”, o coordenador Regional da Serra Gaúcha do Sebrae RS, Tiago Centenaro Mignoni, afirmou que é preciso ter propósito na hora de inovar e sempre pensar em fazer isso de forma alinhada com outros atores do ecossistema. “A inovação sempre será pauta e precisamos estar atentos aos contextos que se apresentam, porque são melhorias que vão sendo implementadas para gerar desenvolvimento. A Caxias do Sul de 2030 vai ser diferente da cidade que temos hoje, mas essa integração entre os setores estará sempre aceitando novas pessoas ”, disse.

E no painel Execução das ações de desenvolvimento do Ecossistema de Inovação de Caxias do Sul , uma diretora executiva do SIMECS, Daiane Catuzzo, pontuou que o ambiente precisa estar propício para novos negócios e é comum uma área de ter dificuldades de conseguir profissionais adaptados às e como novas necessidades da indústria. “Por isso, sempre digo que o setor é muito representativo e que precisamos somar no grupo e contar com quem tem interesse em contribuir com essa esfera tão importante da nossa cidade”, relatou.

Ao longo da manhã, também foram os casos de desenvolvimento do ecossistema de inovação nos municípios de Londrina e Florianópolis. As cidades cresceram completar nos últimos anos na área de startups e empreendedorismo. Representantes dos associações transferidas as clínicas de desenvolvimento que ajudaram a consolidá-las.

Protocolo de Segurança Sanitária

Aos moldes do ano passado, quando foi a única feira presencial industrial realizada no país cumprindo todos os procedimentos para a sua realização em meio à pandemia do novo coronavírus, a edição de 2021 contará com rígidos protocolos de segurança sanitária durante o evento. Saiba mais aqui .

Sobre a Mercopar

A Mercopar é um espaço de geração de geração e negócios, disseminação de conhecimento sobre tendências da indústria e estímulo à economia. A maior feira de inovação e negócios da América Latina bateu recorde em 2020, com R $ 128 milhões em negócios gerados para os segmentos metalmecânico, tecnologia da informação, energia e meio ambiente, borracha, automação industrial, plástico, eletroeletrônico, movimentação e armazenamento e Iniciantes. A visitação durante os três dias do evento é gratuita mediante credenciamento online .

A visitação durante os três dias é gratuita e limitada, mediante credenciamento online em https://bit.ly/Credenciamentomercopar. O público pode acompanhar as atrações também de forma virtual, por meio da plataforma da 30ª Mercopar, no link https://bit.ly/MercoparDigital2021. Para participar, é necessário ter idade mínima de 18 anos, visto que a Feira tem caráter técnico de negócios.

Mais informações podem ser indicados no site www.mercopar.com.br

Notícias

Mercopar 2021 supera expectativa e bate recorde com R$ 224 milhões em negócios gerados 4

Mercopar 2021 supera expectativa e bate recorde com R$ 224 milhões em negócios gerados

Promovida pelo Sebrae RS e pela FIERGS, a 30ª edição da Mercopar - Feira de Inovaç...

LEIA MAIS
Blockchain e suas aplicações foram temas de painel da 30ª Mercopar

Blockchain e suas aplicações foram temas de painel da 30ª Mercopar

Convidados abordaram como a rede vinda da criptomoeda irá impactar no mundo dos negóc...

LEIA MAIS
Tecnologias e futuro energético brasileiro são discutidos no último dia da 30ª Mercopar, em Caxias do Sul

Tecnologias e futuro energético brasileiro são discutidos no último dia da 30ª Mercopar, em Caxias do Sul

Fórum de Energia Distribuída debate a importância e a necessidade de buscar fontes a...

LEIA MAIS
Avanços da liberdade econômica foi tema de painel na Mercopar

Avanços da liberdade econômica foi tema de painel na Mercopar

Momento reuniu representantes de poder público municipal e federal no IV Seminário Br...

LEIA MAIS
Ver todas as notícias
Realização

Realização
Patrocínio Master
Patrocínio
Apoio
Cia Aérea Oficial
Apoio Institucional